Neste fim de semana de 13 e 14 de Outubro, o Clube de Montanhismo da Guarda fez-se representar no Campeonato Nacional Absoluto de Ori-BTT, realizado em Alcafozes (Idanha-a-Nova) e organizado pela Associação dos Deficientes das Forças Armadas (ADFA).

Nas provas de apuramento realizadas no sábado os atletas João Santos e Paulo Coelho obtiveram os 1º e 3º lugar respectivamente nos seus escalões (H18 e H35), passando assim para domingo para a prova final.

Nas finais, em competição com os escalões de elite, para o Clube de Montanhismo da Guarda vieram os 17º lugar do Paulo Coelho e o 45º lugar do João Santos.

A Rota Azul………
Todos os anos, o Clube de Montanhismo realiza uma travessia em autonomia de dois dias, que liga a cidade da Guarda ao Gorgulão, perto da mata do Fragusto, efetuando-se o regresso à cidade no segundo dia.

Haverá sem dúvida uma razão pela qual um grupo de montanheiros aproveita um fim de semana para se deslocar a pé ao longo de sessenta quilómetros

Haverá concerteza uma razão pela qual se decidiu chamar de “Rota Azul”a esta travessia.

Nos primeiros anos da existência do Clube, anos oitenta, um grupo de jovens saiu da Guarda em direção à Senhora de Assedasse e pelo que consta era um dia de Outono chuvoso em todo o País. A rádio que lhes fazia companhia ao longo da travessia informava que todo o território continental estava coberto por uma nebolusidade espessa.

No alto da serra, perto do marco geodésico da Azinha passava-se exatamente o contrário. Dia de Sol radioso com uma paisagem invulgar a toda a sua volta, um mar de nuvens.

Rota Azul será e assim ficou.

Comments are closed.

Previous Post
«